Informação

Chama-se inês com i pequeno e um dia vai ser bailarina de caixa de música ou cinderella profissional. Não gosta de palhaços e tem pavor a machucares de coração. Gosta de decalcar sentimentos e remexer em entranhas. Quando fica nervosa morde o lábio inferior ou finge tocar piano nas pernas. Tem o coração pequeno e os olhos grandes, tem os olhos muito grandes.

Setembro 2009 Outubro 2009 Novembro 2009 Dezembro 2009 Janeiro 2010 Fevereiro 2010 Março 2010 Abril 2010 Maio 2010 Junho 2010 Julho 2010 Agosto 2010 Setembro 2010 Outubro 2010 Novembro 2010 Dezembro 2010 Janeiro 2011 Fevereiro 2011 Março 2011 Abril 2011 Maio 2011 Junho 2011 Julho 2011 Agosto 2011 Setembro 2011 Outubro 2011 Novembro 2011 Dezembro 2011 Janeiro 2012 Fevereiro 2012 Março 2012 Abril 2012 Maio 2012 Junho 2012 Julho 2012 Outubro 2012 Novembro 2012 Dezembro 2012 Janeiro 2013 Abril 2013 Julho 2013 Abril 2014



arquivos

links

formspring youtube feridas no joelho da maria, com amor dancemearoundtenderly@hotmail.com






11 Cubos de gelo
Comenta


terça-feira, 29 de junho de 2010
Pediram-me, no auge da sua ousadia, para escolher entre palavras e gestos. O eterno dilema. A perguntam veio em tom jocoso, pronta para receber uma resposta forçada arrancada de lado nenhum. Sabem a cumplicidade que tenho com os gestos. Como a dança é a minha amante das noites solitárias e dos dias repetitivos. Mas as palavras servem-me de alicerce. São-me muito, penso que o são a toda a gente. Fascina-me o poder da sua brutalidade. Como as respiramos, sem nos apercebermos que estamos a cometer o maior erro possível. Por isso terei de classificá-las como amores paralelos. Os vocábulos, serão talvez a relação estável e exposta. A dança é o desequilíbrio na sua forma mais bruta - é paixão, é fome de amor efémero, desejo consumado. Palavras em movimento. Tantos bons momentos já passámos juntas, eu e ela. Sempre em segredo. Não absoluto, mas circunstancial. É o tipo de affairs que só faz sentido em sigilo. Paixão de simetria falhada.