Informação

Chama-se inês com i pequeno e um dia vai ser bailarina de caixa de música ou cinderella profissional. Não gosta de palhaços e tem pavor a machucares de coração. Gosta de decalcar sentimentos e remexer em entranhas. Quando fica nervosa morde o lábio inferior ou finge tocar piano nas pernas. Tem o coração pequeno e os olhos grandes, tem os olhos muito grandes.

Setembro 2009 Outubro 2009 Novembro 2009 Dezembro 2009 Janeiro 2010 Fevereiro 2010 Março 2010 Abril 2010 Maio 2010 Junho 2010 Julho 2010 Agosto 2010 Setembro 2010 Outubro 2010 Novembro 2010 Dezembro 2010 Janeiro 2011 Fevereiro 2011 Março 2011 Abril 2011 Maio 2011 Junho 2011 Julho 2011 Agosto 2011 Setembro 2011 Outubro 2011 Novembro 2011 Dezembro 2011 Janeiro 2012 Fevereiro 2012 Março 2012 Abril 2012 Maio 2012 Junho 2012 Julho 2012 Outubro 2012 Novembro 2012 Dezembro 2012 Janeiro 2013 Abril 2013 Julho 2013 Abril 2014



arquivos

links

formspring youtube feridas no joelho da maria, com amor dancemearoundtenderly@hotmail.com






13 Cubos de gelo
Comenta


sexta-feira, 6 de agosto de 2010
De todos a quem já escrevi ou escreverei uma destas cartas, és talvez o único a quem a acção não me é estranha. Esta não é a primeira que te escrevo. As demais nunca te chegarão às mãos, mas permanecem minhas por muito tempo. Não conheces o carinho que ainda te tenho, o afecto que te dou sem que repares. Magoaste-me tantas vezes que é impossível não te sentir ainda a cortar-me em pedaços. Mas fizeste-me bem, até quando me fizeste mal. Sabes o que abomino? A barreira psicológica que se criou entre nós. Não gosto de não puder dizer gosto muito de ti sem ser mal interpretada ou sem que me magoes de uma qualquer forma. Não gosto do nosso desapego emocional nos dias que correm. Queria-te meu, ligeiramente, sem o fardo pesado do amor. Queria puder chamar-te amigo, com todas as funções que o eufemismo acarreta.
Da nés, lembraste? aquela que tchi amava com tudo o que tinha. 
Letter #7 - to your ex-boyfriend.